Seia com mais turistas no espaço rural e de habitação

2018-01-21

Seia com mais turistas no espaço rural e de habitação

Em comunicado enviado , a autarquia local salienta que “Seia mantém uma trajetória ascendente em todos os indicadores no período a que reporta o estudo, entre 2014 e 2016, no que se refere ao número de hóspedes, dormidas e proveitos de aposento nos estabelecimentos de alojamento turístico, reforçando a continuidade do desenvolvimento sustentado do Turismo, numa altura em que se perspetiva a abertura de novas unidades”.
Inserido na centralidade turística da serra da Estrela, Seia verificou um crescimento acentuado quando comparado com o aumento dos números em outros municípios da região, neste ranking dos 100 municípios da região centro publicado pelo INE, onde o Concelho ocupa a 18ª posição no número total de hóspedes (48465) e a 19ª em número de dormidas (83486), superando neste indicador a capital do distrito (Guarda) e muito distante dos concelhos limítrofes, como Gouveia (57º), Oliveira do Hospital (39º) ou Nelas (26º).

A autarquia diz que “Seia aparece ainda honrosamente no 1º lugar do ranking dos 100 municípios, que se refere ao número de dormidas (26944) e no 2º lugar no número de hóspedes (12266), nas modalidades de turismo no espaço rural e turismo de habitação”.
A origem dos turistas (hóspedes) nos alojamentos turísticos do município de Seia regista que 91%  são portugueses, 7% dos países da UE28 (excluindo Portugal) e 2% do outros continentes (sobretudo América).
Filipe Camelo, o Presidente do município senense, atribui o mérito destes resultados, em primeira instância, ao dinamismo que vem sendo evidenciado pelos empresários, ao qual se junta a própria estratégia municipal que vem sendo implementada para o setor, nomeadamente através da criação de novos fatores de atratividade como a aposta na ampliação da rede de praias fluviais, a qualidade dos equipamentos e a oferta culturais, o lançamento de novos produtos turísticos (percursos pedestres ou a Festa da Transumância) e outras efemérides locais, como a Feira do Queijo ou a Cabeça Aldeia Natal, que muito têm contribuído para a afirmação de Seia como destino turístico altamente diferenciador.

A juntar a estas atividades, o edil destaca a diversificada programação cultural do município, assim como a marca da Rede de Aldeias de Montanha, que o município integra e que tem, nestes primeiros anos, também contribuído com dinâmicas de crescimento, através de ações de promoção do território e/ou iniciativas e programas muito apreciados pelos turistas.

Os dados relativos ao turismo no concelho de Seia são ainda mais animadores, tendo em conta que o crescimento ocorre, igualmente, fora da denominada época alta (inverno), verificando-se uma tendência de subida nos índices de ocupação das unidades hoteleiras durante os meses de verão.

Convicto que a tendência de crescimento vai continuar a acentuar-se, o Presidente da Câmara refere que estes resultados inspiram grande confiança no Concelho em matéria de investimento, garantindo que a autarquia vai continuar a criar todas as condições, quer para a modernização dos investidores instalados, quer no que respeita à instalação de novas iniciativas empresariais.

(Not. de Coimbra)