CVR do Dão e do Távora-Varosa com estatuto de utilidade pública por 10 anos

2022-09-07

CVR do Dão e do Távora-Varosa com estatuto de utilidade pública por 10 anos

Num despacho publicado em Diário da República, assinado pelo secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, é referido que a Comissão Vitivinícola Regional (CVR) do Dão tem desenvolvido desde a sua constituição, em 1989, “relevantes e meritórias atividades de interesse geral na sua área de atuação”, sem fins lucrativos.

“Representa os interesses dos agentes económicos envolvidos na produção e comercialização dos vinhos (ou outros produtos vínicos) que possuem a Denominação de Origem (DO) Dão e Lafões ou Indicação Geográfica (IG) Terras do Dão”, explicou André Moz Caldas.

No que respeita à CVR do Távora-Varosa, o despacho sublinha que, desde a sua constituição, em 1999, tem igualmente desempenhado, “sem fins lucrativos, relevantes e meritórias atividades de interesse geral na sua área de atuação”.

Segundo o despacho, a CVR do Távora-Varosa “representa os interesses das profissões envolvidas na produção e comércio da DO Távora-Varosa e da IG Terras de Cister”.

No âmbito das suas atividades, ambas as CVR colaboram com o Instituto da Vinha e do Vinho e com a Direção Regional da Agricultura e Pescas.

Lusa