Serviço de transporte a pedido em Viseu Dão Lafões com sucesso

2022-09-01

Serviço de transporte a pedido em Viseu Dão Lafões com sucesso

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões informou que a segunda fase do serviço de transporte a pedido "Ir e vir" está a ter "um enorme sucesso".

Segundo a CIM, este serviço "possibilita aos habitantes da região Viseu Dão Lafões deslocarem-se de táxi, de forma cómoda, rápida e pelo preço de um simples bilhete de autocarro, em localidades que não são servidas de forma eficiente pela rede de transportes coletivos de passageiros".

A primeira fase do "Ir e vir" foi lançada em outubro de 2021, com o Serviço Municipal, que ligou todas as localidades sem acesso a transporte público aos centros dos municípios, e a segunda fase arrancou a 18 de julho, com duas novas modalidades de transporte.

Nesta segunda fase, foi lançado o Serviço Intermunicipal, "que assegura as ligações entre as sedes de concelho e os municípios abrangidos, quando essa ligação não existia através de carreira pública", e também o Serviço de Comboio, "que liga todas as localidades dos municípios às estações e apeadeiros da linha da Beira Alta", acrescentou.

"Assim, ficou garantida a cobertura de transporte público de passageiros em cerca de 850 localidades do território", frisou.

O "Ir e vir", que tem uma frota de perto de 100 táxis, também reforçou a oferta na segunda fase, passando a estar disponível todos os dias úteis da semana, em quatro horários (dois de ida e dois de volta).

No entender do presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Fernando Ruas, "o número de utentes alcançado neste primeiro mês e meio é a prova de que a CIM, fruto de um profundo conhecimento do território, entendeu as necessidades de transporte da população".

"Com muita satisfação constatamos que estávamos certos em avançar e fazer evoluir este audacioso projeto, capaz de atenuar boa parte das carências ao nível do transporte público de passageiros, que as zonas mais isoladas e populações mais fragilizadas do nosso território sentiam", realçou.

O autarca garantiu que, "apesar dos bons indicadores agora apresentados", a CIM continuará atenta "e a introduzir melhorias neste serviço público", que é considerado "essencial para o reforço da coesão social e territorial de Viseu Dão Lafões".

Lusa