São Pedro do Sul vai comparticipar medicamentos de idosos

2022-08-30

São Pedro do Sul vai comparticipar medicamentos de idosos

“Sabemos que existe um número cada vez maior de munícipes, sobretudo idosos, que têm dificuldade de adquirir os medicamentos de que necessitam, mesmo estes sendo comparticipados pelo Estado”, justificou a vereadora Teresa Sobrinho.

Segundo a vereadora, “as faturas são elevadas e as pessoas, com os poucos rendimentos que têm, não conseguem tomar a medicação de que necessitam e às vezes têm que fazer cortes”.

Nesse âmbito, foi criado o programa municipal de comparticipação em despesas com medicamentos, integrado no projeto “São Pedro Mais Solidário - Mais Saúde”.

Teresa Sobrinho explicou que vai ser comparticipada a aquisição de medicamentos sujeitos a receita médica do Serviço Nacional de Saúde e taxados a 06% de IVA, até um máximo de 75 euros por mês.

“Foi tudo articulado com as farmácias e com o centro de saúde, para sabermos a população que temos e qual seria o valor correto de apoio”, contou.

O apoio será concretizado sob a forma de reembolso das despesas efetuadas nas farmácias do concelho, prevendo a vereadora que os primeiros pedidos de ajuda apareçam em outubro.

Poderão candidatar-se os munícipes que residam há pelo menos dois anos no concelho de São Pedro do Sul e que não beneficiem de outros apoios para o pagamento de medicamentos.

Teresa Sobrinho disse ainda à Lusa que, “como é a primeira vez, não há a noção de quantas pessoas poderão aparecer a solicitar este apoio que cumpram estes requisitos”.

 

Lusa