Conimbriga entre as sete novas maravilhas do mundo

2018-08-06

Conimbriga entre as sete novas maravilhas do mundo

Partindo da ideia de que existem muitos locais que não constam da lista das Sete Maravilhas do Mundo, mas mereciam lá estar, a Bloomberg tomou a decisão arrojada de lançar uma lista com aquelas que considera serem “As Sete Novas Maravilhas do Mundo”. 

 

O mais interessante é que a Bloomberg decidiu escolher, entre as novas maravilhas, uma portuguesa, justamente as Ruínas de Conimbriga e Museu Monográfico de Conimbriga – Museu Nacional. 

Assim, nessa nova lista, as Ruínas de Conimbriga, em Condeixa-a-Nova, figuram a par de espaços como as Ruínas do império Vijayanagar – Hampi (Índia); El Mirador – Guatemala; A Cidade Perdida – Colômbia; Volubilis – Marrocos; As Pirâmides de Meroé – Sudão e A montanha de Kassapa – Sri Lanka. 

Para além de serem locais muito belos e carregados de significado histórico, as “novas maravilhas do mundo” têm ainda em comum outra vantagem fundamental, para quem decidir visitá-las: como são uma novidade, não apresentam os incómodos das longas filas de turistas. 

No texto em que enumera as sete novas maravilhas, datado de novembro, a Bloomberg fala da proximidade de Conimbriga à cidade de Coimbra, do Hotel Quinta das Lágrimas e do fado, um “estilo musical local melancólico”.

(Condeixa Município)