Obras de Pablo Picasso reforçam coleção do Museu do Caramulo

2021-10-18

Obras de Pablo Picasso reforçam  coleção do Museu do Caramulo

A coleção de arte do Museu do Caramulo foi reforçada com duas obras de Pablo Picasso, que poderão em breve ser vistas pelo público, disse à agência Lusa o presidente da direção da instituição.

As duas peças de cerâmica – uma travessa Cena de Toureio e um prato Pássaro, que fazem parte de edições limitadas realizadas pelo Atelier Madoura (França) – foram doadas ao museu e vão  estar expostas após a reabertura ao público da exposição de arte, que se encontra temporariamente encerrada devido a obras de requalificação, disse Salvador Patrício Gouveia.

A travessa pintada foi concebida em 1949, enquanto o prato é de 1963.

Segundo o Museu do Caramulo, foi no atelier do sul de França que, em 1946, “Picasso deu os primeiros passos no mundo da cerâmica, para o revolucionar em poucos anos”.

Salvador Patrício Gouveia disse à Lusa que as peças agora doadas se juntam a duas peças originais de Pablo Picasso (1881–1973), igualmente em exposição permanente no Museu do Caramulo: uma natureza morta (óleo sobre tela, de 1947) e uma mulher-garrafa (em faiança policromada, de 1948).

O responsável contou que as peças de cerâmica faziam parte do espólio pessoal de Isabel Cudell Gouveia e Madalena Cudell Gouveia, que as doaram ao museu.

O Museu do Caramulo, que tem quase 70 anos e já foi visitado por mais de um milhão e meio de pessoas, alberga uma coleção de arte, uma de automóveis, motos e bicicletas e uma de brinquedos antigos.