Seguir CDU quer melhores ordenados no concelho de Viseu

2021-09-17

 Seguir CDU quer melhores ordenados no concelho de Viseu

O candidato à Câmara de Viseu pela CDU, Francisco Almeida, alega junto dos eleitores que “não há outra solução” para aumentar os rendimentos, a não ser a luta, assim como medidas municipais, como uma aposta decisiva no turismo.

“Vamos dizendo que no que diz respeito ao rendimento das pessoas não há outra solução senão a luta. A luta dos trabalhadores é determinante para fazer subir os rendimentos das pessoas e das famílias”, disse à agência Lusa Francisco Almeida.

Num dia dedicado aos bairros mais populosos da cidade de Viseu, a falar com os cidadãos e a deixar as medidas que a Coligação Democrática Unitária (CDU), que agrega o Partido Comunista Português e o Partido Ecologista os Verdes (PCP/PEV), têm para o concelho.

Além dos bairros, a CDU também anda a falar com trabalhadores de empresas e da própria Câmara Municipal de Viseu, órgão para o qual Francisco Almeida se candidata, para “defender um conjunto de medidas e de soluções para que contribuam para que os rendimentos das pessoas subam” em Viseu.

O candidato lembrou que os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) dizem que “o concelho de Viseu tem um rendimento per capita baixo”, ou seja, “o poder de compra no concelho de Viseu, fica significativamente abaixo da média nacional” e para isso defende algumas medidas.

“Defendendo a criação da universidade pública de Viseu, defendendo a ligação de Viseu à rede ferroviária nacional, defendendo a criação de um entreposto para produtos agrícolas hortícolas, frutícolas e até da pecuária”, apontou.

A CDU irá defender também, quer na autarquia, quer na Assembleia Municipal, a “criação de um centro de artes em Viseu, para que se aposte decisivamente no turismo, com várias medidas, desde a criação de um parque de campismo para Viseu até à criação da rota dos escritores na cidade” de Viseu.

“Medidas que incentivem o turismo e que permitam melhorar os rendimentos, melhorar o emprego, aumentar o emprego, diminuir o desemprego em consequência, e melhorar os rendimentos das pessoas”, defendeu.

À presidência da Câmara Municipal de Viseu concorrem nestas eleições, além de Francisco Almeida (CDU), Nuno Correia da Silva (CDS-PP), Diogo Chiquelho (PAN), João Azevedo (PS), Fernando Ruas (PSD), Manuela Antunes (BE), Fernando Figueiredo (IL) e Pedro Calheiros (Chega).

O município é liderado por Conceição Azevedo (PSD), que assumiu a presidência em abril de 2021, após a morte, devido a complicações de saúde provocadas pela covid-19, de António Almeida Henriques, que liderava a Câmara desde 2013, tendo, em 2017, conquistado 51,74% dos votos (seis mandatos), e o PS 26,46% (três mandatos).