CIM Viseu Dão Lafões aprova contas de 2020

2021-06-09

CIM Viseu Dão Lafões aprova contas de 2020

Nuno Martinho anunciou que “as contas foram aprovadas por maioria, Viseu votou contra, como todos os anos. E dos deputados de Viseu nem todos votaram contra, houve abstenções. As contas traduziram um saldo de gerência que transitou para a gerência de 2021 de mais de 1,5 milhões de euros”.

Mas, “mais do que as contas aprovadas, é o reflexo do conselho e da assembleia do trajeto e do trabalho intermunicipal que tem sido realizado pela comunidade intermunicipal”, acrescentou.

O responsável disse que hoje “são muitas as áreas” que a CIM Viseu Dão Lafões gere entre os 14 municípios que a integram, “para além do trabalho técnico que faz enquanto organismo intermédio de gestão de fundos comunitários”.

“A CIM gere um envelope financeiro com os vários programas operacionais regionais e temáticos e, além disso, do contrato de subvenção global da contratualização e do apoio aos municípios na gestão dos projetos e nas análises das candidaturas, hoje a CIM também tem e gere um sistema de incentivos às empresas, às micro e pequenas empresas”, acrescentou Nuno Martinho.

Neste sentido, este responsável insistiu que, “mais do que as contas aprovadas, é o reconhecimento do trabalho intermunicipal que a CIM faz” e a relação enquanto “plataforma de cooperação institucional e a forma como se envolve com o tecido institucional” da região.