Presidente da Câmara de Mangualde lamenta morte de Jorge Coelho

2021-04-07

Presidente da Câmara de Mangualde lamenta morte de Jorge Coelho

O presidente da Câmara de Mangualde, concelho da origem de Jorge Coelho, lamentou hoje à agência Lusa a perda “da maior referência na região” não só em termos políticos, como empresariais.

“Estamos em estado de choque, com grande consternação. Jorge Coelho era a maior referência que tínhamos no nosso concelho. Foi um político maior, um grande gestor, um empresário”, salientou Elísio Oliveira, numa reação à morte do antigo dirigente socialista e ministro dos governos de António Guterres entre 1995 e 2002.

O edil admitiu ainda que Jorge Coelho “era uma pessoa próxima das pessoas, um conselheiro”, com quem “falava com frequência, sobre todas as áreas em geral e sobre a visão estratégica das coisas”.