Deputados do PSD preocupados com assistência nos cuidados primários

2020-10-29

Deputados do PSD preocupados com assistência nos cuidados primários

As justificações dadas para que tal aconteça foram as restrições devido à covid-19, os horários dos transportes e as obsoletas centrais telefónicas, mas os deputados consideram ser evidente "a necessidade de contratação de mais recursos humanos e de um melhor planeamento".

"As consultas presenciais programadas tiveram uma redução superior a 50%, o que também acontece com o encaminhamento de doentes para consultas de especialidade, com a prescrição de exames de diagnóstico e terapêutico, bem como na assistência domiciliária", lamentam em declarações à Lusa.

Estes indicadores permitem na opinião dos deputados "concluir que as teleconsultas, embora sejam uma ferramenta útil, não substituem, de forma alguma, a consulta presencial e que os planos de contingência executados não são eficientes".

Os social-democratas consideram que estes números também evidenciam que, "afinal, não há milagres do Serviço Nacional de Saúde", mas sim "muitos doentes não covid-19 a ficar para trás ao não terem equidade e acesso aos cuidados primários de saúde".