Jogador estrangeiro arguido por alegada fraude

2020-10-15

Jogador estrangeiro arguido por alegada fraude

Segundo o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, o homem está indiciado pelo facto de ter obtido fraudulentamente, no país de origem, um passaporte com nome e data de nascimento falsos, com vista a ingressar,no nosso país, num escalão competitivo com limite etário inferior à sua idade real".

 De acordo com o SEF em comunicado, ao jogador foi  imputado o crime de falsificação de documentos.

O jogador foi notificado para deixar voluntariamente o nosso país, no prazo de 20 dias, caso não venha a regularizar a respetiva situação documental".