Selo“Clean and Safe” presente em mais de metade das unidades turísticas do Centro

2020-07-07

 Selo“Clean and Safe” presente em mais de metade das unidades turísticas do Centro

O presidente do Turismo Centro de Portugal disse que "praticamente 55% de todas as unidades" e entidades turísticas da regiãopossuem selo "Clean and Safe", que dá garantias desegurança em relação à pandemia da covid-19.

O selo resulta de um processo de certificação do Turismo de Portugale visa transmitir maior confiança aos turistas.

Pedro Machado disse à agência que há da parte dos empresários uma vontade expressa em cumpriremcom todas as regras sanitárias para nos adaptarmos a este novo tempoque o covid-19 trouxe. O responsável falava à agência Lusa em Seia, à margem de umainiciativa no Museu do Pão.

Em relação ao movimento de turistas nas unidades de alojamento daregião, Pedro Machado disse ter registo de alguns casos, "atémuito satisfatórios", de elevada procura em unidades dealojamento em espaço rural, em Aldeias Históricas e em Aldeias doXisto.

"O que significa que este território menos massificado, menos concentrado do ponto de vista da sua oferta, permite hoje um desconfinamento quase natural. E isso tem sido responsável por, por exemplo, nos feriados como os de 10 e 11 de junho, termos tido muitas unidades com taxas de 100%", acrescentou o responsável.

Pedro Machado disse ainda que os indicadores disponíveis fazem perspetivar que,sobretudo a partir do dia 15 de julho, quando acabar a época de exames escolares, "os portugueses possam fazer férias dentro do próprio país e que os espanhóis, como já se começa a notar,venham também para o Centro de Portugal".

O presidente do Turismo Centro de Portugal referiu ainda que algumas segundas habitações de espanhóis, que durante os últimos anos não tinham movimento, voltaram a tê-lo, indicando que tal acontece, por exemplo, na Figueira da Foz.