Museus Municipais de Viseu com iniciativas digitais

2020-05-20

Museus Municipais de Viseu com iniciativas digitais

Os Museus Municipais de Viseu celebram o Dia Internacional até ao próximo domingo, com uma agenda repleta de iniciativas e conteúdos digitais, que serão lançados nas redes sociais “Museus de Viseu”, para além de visitas, apresentações, oficinas e roteiros.

Nesta terça-feira a Casa da Ribeira promoveu o lançamento do catálogo da exposição “Aspetos do Nosso Trajar”, em formato digital.

Esta exposição temporária, lançada em 2018, ano de “Viseu, Cidade Europeia do Folclore”, com a curadoria de António Lopes Pires e a parceria do Museu Etnográfico de Silgueiros, é uma viagem pela cultura tradicional e popular da região de Viseu. As peças de roupa e acessórios expostos refletem as circunstâncias sociais e transformações culturais no último quarto do século XIX e finais da Primeira Grande Guerra, sendo também um pretexto para recordar múltiplas histórias.

Durante a semana, também o Museu de História da Cidade lança uma nova publicação no seu site, em www.mhcviseu.pt: o catálogo digital da exposição “Ícones da História de Viseu: o despertar do Museu”. O catálogo apresenta textos inéditos relativos a algumas das obras de arte, monumentos ou documentos mais relevantes da história de Viseu, da autoria de investigadores como Armando Coelho, Catarina Tente, Manuel Luís Real ou Pedro Sobral de Carvalho.

No sábado, há uma visita guiada à exposição “Monte habitado: viver no Castro de Santa Luzia há 3000 anos”, no Museu do Quartzo, que também percorrerá o Monte de Santa Luzia. Esta visita decorrerá pelas 15h00, com a lotação máxima de 7 pessoas, e a inscrição é obrigatória através dos contactos do Museu do Quartzo.

No mesmo dia, pelas 17h00, o Museu Almeida Moreira lança o catálogo da exposição e projeto "Beira Ilustre", da autoria de Rosário Pinheiro. Este lançamento será emitido em direto, através do Facebook “Museus de Viseu”, e abordará o trabalho artístico e de investigação de um dos mais pontuados projetos aprovados no programa VISEU CULTURA, através da linha Criar”.