Área dedicada de Seia à Covid-19 transita para Centro de Saúde de Gouveia

2020-04-07

Área dedicada de Seia à Covid-19 transita para Centro de Saúde de Gouveia

Segundo uma deliberação do Conselho de Administração da ULS da Guarda, a partir desta terça-feira, os doentes suspeitos para covid-19 dos concelhos de Gouveia, Seia e Fornos de Algodres, sem sintomatologia grave, passarão a ser avaliados no âmbito da Área Dedicada Covid (ADC) - Comunidade Gouveia, "que sucederá à ADC - Comunidade Seia".

A ULS refere em comunicado enviado à agência Lusa que a ADC - Comunidade Gouveia irá funcionar nas instalações atualmente destinadas ao Serviço de Atendimento Permanente (SAP) do Centro de Saúde, ficando o SAP a funcionar no espaço de ambulatório (bloco cinzento).

A fonte justifica a mudança considerando que o Hospital Nossa Senhora da Assunção de Seia "já tem um Serviço de Urgência Básica (a funcionar 24 horas), com circuitos diferenciados para os doentes suspeitos para covid-19, e porque "se afigura desejável obter uma separação no atendimento dos doentes graves urgentes com sintomatologia grave, dos demais suspeitos para covid-19".