BE sugere programa de emergência às autarquias de Viseu

2020-04-01

BE sugere programa de emergência às autarquias de Viseu

O Bloco de Esquerda de Viseu está a propor às autarquias do distrito um programa de emergência para enfrentar a pandemia, que visa apoiar os mais vulneráveis, garantir direitos e serviços fundamentais e contribuir para uma comunidade solidária.

“As autarquias dispõem de meios e conhecimentos essenciais na resposta a esta crise. São responsáveis por serviços públicos fundamentais e de proximidade”, argumenta a Comissão Coordenadora Distrital de Viseu do Bloco de Esquerda.

No seu entender, as autarquias contam com  trabalhadores que conhecem bem o território e as populações, e com meios e equipamentos que podem e devem ser direcionados para a resposta à  pandemia.

“O apoio a quem é mais vulnerável passa obrigatoriamente pelo acompanhamento a pessoas idosas e a pessoas com deficiência”, defende o BE.

Neste âmbito, sugere que, por um lado, se deve garantir “que as equipas sociais continuam a fazer as visitas e acompanhamentos habituais, para distribuição de refeições quentes, garantia de higiene, entrega de medicamentos e acompanhamento pessoal por telefone através dos serviços sociais da autarquia”.

Por outro lado, devem ser “identificadas e incluídas nestes programas novas situações de pessoas que tenham ficado isoladas em casa devido à crise e ao encerramento temporário de centros de dia e outros equipamentos sociais para pessoas dependentes”, acrescenta.