PCP preocupado com morte de homem no Hospital de Lamego

2020-02-13

 PCP preocupado com morte de homem no Hospital de Lamego

Em comunicado, a Comissão Interconcelhia Lamego-Tarouca do PCP refere que, apesar de se tratar de uma “unidade hospitalar de referência regional”, o “momento sensível que o SNS atravessa reflete-se de forma prejudicial na qualidade dos serviços prestados e das valências ao serviço das populações”.

O PCP recorda que alerta há algum tempo “para a carência de recursos humanos e materiais no Hospital de Lamego”, tendo reunido várias vezes com a administração do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, no qual aquele está integrado.

No seu entender, a morte ocorrida na passada segunda-feira e outros casos “evidenciam um plano montado de linhas claras para que se mantenha o subfinanciamento do serviço público de saúde”.

O PCP considera urgente a resolução de problemas “como a contratação de mais profissionais de saúde, médicos, enfermeiros e técnicos, mais auxiliares de ação médica e assistentes operacionais e mais administrativos”, e também a aquisição de material médico e de equipamentos médicos que substituam os obsoletos.

 

(Lusa)