Beiras e Serra da Estrela ficam a ganhar com Ministério da Coesão Territorial

2019-10-17

Beiras e Serra da Estrela ficam a ganhar com Ministério da Coesão Territorial

O presidente da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela  e da Câmara Municipal de Seia, afirmou à agência Lusa que as regiões do interior "poderão, em muito, ganhar" com a escolha de Ana Abrunhosa para ministra do novo Ministério da Coesão Territorial e com a nova "organização do Governo".

Carlos Filipe Camelo valorizou ainda a criação do Ministério da Coesão Territorial pela proximidade do quadro comunitário 2020-2030.

"Vem aí um novo desafio com a questão da Europa em termos do [quadro comunitário] 2020-2030, onde as realidades estão ligadas a especificidades muito próprias em termos das cidades com menos de 100 mil habitantes, com preocupações muito ligadas às mobilidades, às eficiências hídricas e energéticas", sublinhou.

Carlos Filipe Camelo também se congratula com a decisão do primeiro-ministro em incluir nas pastas ministeriais "uma que tem a ver com a Coesão Territorial".

Em relação ao novo Governo, o responsável deseja que "haja uma capacitação de tutelar áreas que são áreas de cumplicidade da procura do bem-estar das próprias populações", como "as questões das autarquias, em torno das Comissões de Coordenação, dos próprios fundos comunitários, o desenvolvimento regional e rural".