Suspeito de peculato internado na Guarda após episódio psicótico

2018-03-16

Suspeito de peculato internado na Guarda após episódio psicótico

Marco Batista, o candidato pelo PSD à Câmara da Covilhã nas últimas autárquicas que é suspeito de ter desviado mais de 115 mil euros da Rede de Judiarias de Portugal, e que estava desaparecido desde novembro passado, foi esta semana localizado pelas autoridades no serviço de Psiquiatria do Hospital Sousa Martins, na Guarda.

O suspeito terá dado entrada no hospital no dia 7 de março com uma depressão profunda, depois de ter sofrido um episódio psicótico. Sobre o gestor de 41 anos recaem suspeitas de ter desviado mais de 115 mil euros da Rede de Judiarias, onde era consultor.

A instituição apresentou queixa em novembro e Marco Batista, que ainda não foi constituído arguido, deverá responder por suspeitas de um crime de peculato.

(CM)