Oposição em Viseu quer pormenores sobre o Festival Mescla

2019-08-23

Oposição em Viseu quer pormenores sobre o Festival Mescla

Durante a reunião do executivo desta quinta-feira, os vereadores da oposição questionaram se o festival Mescla, que foi uma resposta da autarquia ao espaço deixado vazio pela suspensão dos Jardins Efémeros - custou o dobro do previsto, ou seja, 200 mil euros.

“O município referiu que haveria uma comparticipação similar à dos Jardins Efémeros, à volta dos cem mil euros, e que o Mescla ficaria sensivelmente por aí. Pedro Baila Antunes disse que os vereadores começaram a ver no portal Base vários financiamentos para o Mescla.

O vereador da Cultura, respondeu que a questão levantada pelos socialistas é “puramente artificial” e que o Mescla não ficou mais caro do que o previsto.

De acordo com Jorge Sobrado, o  evento foi mobilizador de várias marcas e parceiros e houve vários contributos que ajudaram a sustentar o orçamento. As contas do município são públicas e a matemática não deixa margem para dúvidas”, garantiu o responsável.