Arrancam no verão as obras nas urgências no hospital de Viseu

2019-04-29

Arrancam no verão as obras nas urgências no hospital de Viseu

Após uma reunião com Marta Temido, nesta segunda-feira, em Lisboa, Almeida Henriques disse aos jornalistas que a ministra disse haver “uma resolução do Conselho de Ministros que enquadra a solução nas urgências, designadamente a contrapartida nacional e o modelo para o desenvolver”.

Até ao verão,  vão estar resolvidas as questões das urgências para que as obras possam avançar, mas com a questão prévia de que terá de haver o visto do Tribunal de Contas, disse o edil.

De acordo com Almeida Henriques, a ministra deu ainda a garantia de que não será perdido o “dinheiro dos fundos comunitários que a própria região disponibilizou, porque a verdade é que o dinheiro foi disponibilizado por verbas da região”.

 

(DN)

Outro dos temas que Almeida Henriques discutiu na reunião com a ministra foi a questão do centro oncológico e o eventual abandono do projeto que estava previsto para o hospital.

O autarca referiu ter ficado “menos tranquilo” com as explicações da governante, apesar de esta ter garantido que o “layout da obra está a ser ultimado pelo próprio hospital de São Teotónio e que até 16 de maio terá de apresentar ao ministério a solução que comporta três fases, sendo que a mais imediata são os serviços de radioterapia”.

O autarca acrescentou também que dentro de “dois anos e meio, três” a cidade de Viseu irá contar com uma nova unidade de saúde familiar que vai funcionar num edifício do seculo XIX que o município está a reabilitar.

“As coisas estão a correr normalmente, o contrato está fechado e da parte da ministra também existe a garantia de que o equipamento da unidade irá correr de acordo com o cronograma da obra”, disse o autarca.