Páscoa em Viseu vai ser doce e musical

2019-04-02

Páscoa em Viseu vai ser doce e musical

“A Páscoa em Viseu será um ovo grande e cheio, cujo recheio não desilude e não frustra o papel de embrulho que temos para apresentar, portanto, o nosso bonito papel de embrulho é uma promessa que é concretizada e respeitada no seu conteúdo”, brincou o vereador da cultura.

Na noite de domingo, a Sé de Viseu acolhe um concerto com a Orquestra Filarmonia das Beiras e o Coro Voz Nua, com a direção do maestro António Vassalo Lourenço.

Porque se trata da época pascal, as celebrações religiosas são o centro da programação que não se limitam à Igreja Católica e contemplam também a Assembleia de Deus de Viseu, a Igreja Adventista do Sétimo Dia, a Igreja Evangélica Baptista de Viseu e as Testemunhas de Jeová.

Já no fim de semana de 13 e 14 deste mês, realiza-se a primeira mostra de doçaria da região com a presença de 15 expositores que terão “os grandes produtos emblemáticos de Viseu e do distrito e também a nova tendência, os novos produtos e gostos e a chocolataria artesanal”.

Jorge Sobrado acrescentou que nesta mostra do “Viseu Doce” estarão também “produtores de espumantes, de rosados, brancos e tintos do Dão”.

É também  durante a Páscoa que vai decorrer  o primeiro mercado do livro de Viseu, entre 12 e 20 deste mês, no Mercado 2 de Maio, com a presença de 145 editoras, mais de 225 títulos e mais de 7.500 exemplares com “oportunidade e descontos entre os 20% e os 85%”.

A biblioteca e os museus municipais vão ter atividades “para toda a família” com iniciativas que podem acolher não “só crianças, mas também o avô que as acompanham”, disse o vereador, que explicou que esta programação “foi pensada para ser feita em família, mas também para os mais novos terem atividades no período de paragem letiva”