Crianças de Mangualde construíram armadilhas para capturar vespas velutinas

2019-03-29

Crianças de Mangualde construíram armadilhas para capturar vespas velutinas

A ação é o resultado da campanha de sensibilização inserida no Plano de Vigilância e Controlo da Vespa Velutina, comummente designada por Vespa Asiática.

 A campanha foi promovida pela Câmara  de Mangualde, através do Gabinete Técnico Florestal, do Gabinete de Educação, do Serviço Municipal de Proteção Civil e da Cooperativa Agrícola e Apícola das Beiras (COOPBEI), durante os meses de fevereiro e março, junto de mais de meia centena de crianças. 
O principal objetivo era a elaboração de armadilhas com recurso a materiais recicláveis, para captura das vespas fundadoras. 

Depois, cada um deles colocou-as em locais próximos das suas áreas de residência. Desta forma, conseguiu-se atingir uma boa distribuição geográfica, por forma a capturar um maior número de vespas fundadoras e, assim, evitar a proliferação dos ninhos primários e subsequentes ninhos secundários. O público alvo foram os alunos do 1º ciclo – Escola Básica Ana de Castro Osório (400 alunos) e do pré-escolar – Centro Social e Paroquial de Santiago de Cassurrães, Obra Social Beatriz Pais Raúl Saraiva e Centro Social e Paroquial de Mangualde (120 crianças).

Com esta iniciativa, a edilidade pretende minimizar o problema e ajudar o ecossistema a adaptar-se a esta praga invasora. Por outro lado, a ação contribui para a diminuição do encargo de meios humanos e materiais na destruição dos ninhos secundários, durante os meses de verão e outono, época do ano em que se verificam dimensões consideráveis dos ninhos e a predação atinge o seu máximo.

    
(CMM)