Feira de São Mateus em Viseu começa hoje

2018-08-09

Feira de São Mateus em Viseu começa hoje

Este ano, a feira tem o mote “Reencontra-te em Viseu”, estando previstos concertos, espetáculos, folclore, artesanato, diversões, concursos e dias temáticos, que acontecem numa área de 75 mil metros quadrados de recinto.

Na feira de São Mateus vai existir o palco "viseufolck", que durante os 39 dias do certame vai receber espetáculos de um total de 80 grupos regionais, nacionais e internacionais.

A 12 de agosto, o palco Santander acolherá o Festival Internacional de Folclore, com a presença de representantes da Argélia, Chile, Quénia, República Checa, Sérvia, Rússia, Espanha, Coreia do Sul e Portugal.

“Em 2018, em tudo o que fazemos pomos um bocadinho de folclore”, disse Jorge Sobrado, vereador da Cultura e Turismo da Câmara de Viseu, que é também o gestor da Feira de São Mateus.

Segundo o autarca, “das portas até ao coração da feira, dos grandes pórticos de luz com sensivelmente sete metros de altura até ao interior do [pavilhão] multiusos, toda a feira irá ilustrar essa grande tradição voltada para a etnografia e o folclore”.

Viseu assumiu-se este ano como “Cidade Europeia do Folclore”, tendo recebido, no final de julho, o festival internacional Europeade.

Jorge Sobrado explicou que, para além das “imponentes portas de luz renovadas com o tema do folclore”, haverá motivos alusivos no recinto e “uma exposição dedicada à identidade dos trajes de Viseu” no pavilhão multiusos.

Uma das novidades da 626.ª Feira de São Mateus é o novo bairro da restauração, com quase 3.500 metros quadrados, 1.500 dos quais de esplanada, com o objetivo de melhorar “a experiência de feirar à mesa”, disse Jorge Sobrado.

O Bairro da Restauração vai ter quatro restaurantes de grande dimensão e muitos outros de média dimensão, com vista para a avenida central - o Picadeiro.

Em relação ao novo Bairro, Jorge Sobrado afirma “Viseu é uma cidade gastronómica e era muito importante que a Feira de São Mateus fizesse justiça a essa marca e a essa tradição de comer bem. Sabemos que em anos passados não foi assim, mas acreditamos que esta infraestrutura será um empurrão".

A pensar na sustentabilidade ambiental, este ano será introduzida a obrigatoriedade de copos reutilizáveis, “erradicando 261 mil copos de plástico que tinham uma utilização única”, acrescentou.

Segundo Jorge Sobrado, outras novidades são as estações de bicicletas, com 40 postos de estacionamento gratuitos, e o serviço educativo (que funcionará durante a tarde e início da noite) promovido pela Viseu Marca, Águas de Viseu e Oceanário de Lisboa.

Na opinião do vereador, a Feira de São Mateus é “a menina dos olhos de Viseu” devido a uma “amálgama feliz e poderosa de imaginários, de marcas, de reencontros, de experiências, em que cabem os furos da Regina, as enguias, as farturas, as diversões, o folclore” e os concertos.

O presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, frisou que o evento tem um orçamento de 1,7 milhões de euros, nenhum de investimento público, ou seja, totalmente financiado por investimento privado.

No ano passado, passaram 1,2 milhões de visitantes pelo recinto da Feira de São Mateus.

(Sapo 24)