Amarelo Silvestre estreia em Nelas espetáculo para um só espetador

2018-07-04

Amarelo Silvestre estreia em Nelas espetáculo para um só espetador

São 12 espetáculos a partir de 12 segredos que a companhia recolheu ao longo dos últimos tempos - segredos em torno da religião, amor ou morte, mas também pequenos segredos inócuos sem nenhum significado especial - e que se desenrolam dentro de um guarda-fatos, com um único ator ou atriz para um só espetador.

Por quatro localidades do concelho, a companhia vai montar dois guarda-fatos em locais públicos, onde as pessoas serão convidadas a entrar para assistir a um espetáculo de cinco minutos, explicou à agência Lusa Fernando Giestas, da Amarelo Silvestre e responsável pela dramaturgia.

"Os atores são os portadores dos segredos e vão partilhá-los com aquela pessoa. Estamos curiosos para saber como é que as pessoas vão lidar com essa matéria, porque não damos indicação para guardar. Vai ficar na consciência de cada um", afirmou.

O guarda-fatos é um pouco maior do que um armário normal e procura remeter o espetador para a infância e o seu imaginário, em que aquele espaço acaba por ser uma espécie de esconderijo, onde se faz "segredo da existência", disse.

"Não passou a ser uma mini 'black box', mas antes a dimensão de um armário grande das casas senhoriais", onde não há pontos de fuga e se assegura uma "grande cumplicidade e proximidade com o ator".

Essa relação de proximidade com quem conta o segredo "é um dos dados fortes do espetáculo", ao tentar proporcionar "uma experiência única e exclusiva", realçou.

"Nesta sociedade de hoje, surge ali um momento em que nos recolhemos. É o equivalente a entrar numa igreja sem ninguém lá dentro, numa grande cidade. Podemos criar esse momento em que a pessoa desliga o telemóvel durante cinco minutos, continua a ouvir a vida lá fora, mas com uma ideia de fuga, de recolhimento, de abstração", sublinhou.

Fora do armário, haverá também oportunidade para as pessoas escreverem e depositarem o seu segredo, que depois poderá ser utilizado pela companhia, acrescentou.

O espetáculo tem um custo de um euro, realizando-se de cinco em cinco minutos, sendo que pode ser feita reserva a partir dos contactos da companhia (937 646 484 ou amarelosilvestre@gmail.com).

'Guardar Segredo' estreia na quinta-feira, em Senhorim, seguindo-se depois na sexta-feira em Moreira, no dia 11 na Aguieira e a 12 na sede deste concelho do distrito de Viseu, com apresentações individuais entre as 20h30 e as 22h30.

A 14, o espetáculo segue para Guimarães, para a Praça da Plataforma das Artes e Criatividade, com apresentações entre as 16h00 e as 18h00 e entre as 19h00 e as 21h00.

Em 2019, 'Guardar Segredo' também vai estar no Porto, em Ílhavo, sendo esperada uma circulação por outros pontos do país.

(NAM)